Preciso mesmo de um cerimonial?

O casamento parece uma mágica. Tudo flui perfeitamente, o cortejo em sincronia com a música, o sorriso no rosto de todo mundo, as roupas perfeitamente alinhadas, as pessoas sentam no lugar certo, levantam na hora certa e jogam arroz exatamente no momento perfeito. Os noivos sabem a hora de dançar a v

alsa, partir o bolo e o tão esperado momento de jogar o buquê vem à cabeça naturalmente. Quando estamos participando como convidados, realmente não enxergamos o trabalho do cerimonial e, na minha opinião, esse é o ponto que diferencia um cerimonial médio, de um cerimonial excelente. Existe um trabalho enorme por trás de cada detalhe. São reuniões grandes e cheias de detalhes, checklists imensos, questionários contendo cada momento importante e as peculiaridades de cada convidado e de cada um dos protocolos definidos para esse dia. O trabalho do cerimonial é fazer com que essa mágica aconteça sem tirar a naturalidade e a espontaneidade das pessoas.

É muito importante que a escolha seja feita com cuidado e carinho, que exista empatia dos dois lados e que a proposta da empresa esteja dentro das expectativas e das ideias dos noivos. O primeiro passo é avaliar se vocês precisam de uma assessoria completa, para ajudar a escolher cada fornecedor e a estruturar todo o casamento. Essa é uma escolha importante, impede muitos erros que acabamos cometendo por inexperiência e guia os noivos para fazer o melhor possível dentro das condições e do gosto que o cerimonial escolhido vai conhecendo aos poucos. A outra opção é a assessoria para o dia, que na verdade acaba compreendendo todo o mês do casamento. Essa, na minha opinião, além de importante, é essencial.

No dia do casamento os noivos precisam e merecem aproveitar cada segundo e, apesar de parecer clichê, a mais pura verdade é que passa mesmo voando. O ponto principal é que os profissionais não recebem esse nome a toa. Em um momento desses, com tantos sonhos e expectativas envolvidos, vale a pena deixar os imprevistos, formalidades e “problemas” nas mãos de quem sabe resolver e que provavelmente vai cuidar tão bem daquilo, que ninguém vai perceber que aconteceu algo fora do esperado. Além disso, é muito difícil ficar tranquila e se arrumar para o casamento com todos os fornecedores ligando para passar os detalhes finais. É complicado relaxar sabendo que não tem ninguém cuidando do toque final da decoração e recebendo as coisas enquanto sua maquiagem vai ficando pronta. Se já é o auge da ansiedade ficar “escondida” enquanto o casamento começa, imagina não tendo ninguém lá recebendo seus convidados e certificando que tudo estará perfeito na hora que você chegar? Imagina só, no final da festa, ainda ter que fazer conferência do buffet, da decoração, calcular e pagar hora extra e finalizar tudo antes de ir embora?

Eu sempre gostei de organizar festas, de decidir e opinar em todos os detalhes, de saber o que estava acontecendo e de dar o meu toque em cada grande ou pequeno evento que já fiz. É uma coisa que amo, de verdade. No meu casamento pensei em organizar tudo sozinha, ou com a ajuda da minha família, mas garanto que uma das escolhas mais certas que fiz foi procurar um cerimonial, e tive muita sorte de ter encontrado um que embarcou no meu sonho e teve o maior carinho de deixar tudo ainda melhor que eu imaginei. Garanto que, se a escolha for boa, o investimento vale a pena e vocês não vão se arrepender!

Comente ♥