Dicas para a primeira dança dos noivos

Além de todo o romantismo e expectativa que ela envolve, é um dos primeiros (e poucos) momentos dos novos marido e mulher sozinhos na festa, curtindo o amor e a alegria de estarem casados. Que tal algumas dicas para a primeira dança dos noivos ser ainda mais especial?

O casal desse vídeo nunca tinha feito aula de dança e foram necessárias apenas quatro aulas para o casamento. A coreografia para a Valsa do Imperador possui um estilo bem tradicional e foi criada pela Mel, que é professora do Ponto da Dança há 5 anos, já criou várias coreografias e deu aula para noivos que arrasaram no grande dia. Como esse é um assunto cheio de controvérsias, opiniões diferentes e dúvidas, decidi convidar uma expert no assunto para nos ajudar. Que tal?

Um bicho de sete cabeças, aqueles minutos que você quer que passe o mais rápido possível ou um dos momentos mais especiais da festa? Quem escolhe é VOCÊ! Não precisa saber dançar para deixar esse momento inesquecível… O mais importante é definir o que os dois querem, para que o momento seja muito especial noivos, sem ser uma “tortura” para ninguém.

Para escolher a música e o tema da dança é importante identificar a personalidade do casal e o estilo do casamento. Se é um casamento tradicional, o ideal é que seja uma valsa, mas é possível deixá-la mais interessante e incrementar com alguns passos para não ficar naquela de um para lá e um pra cá. Se o casal é mais animado e curte uma balada, vale tentar coreografias diferentes, nas quais um dos noivos, sozinho ou com os padrinhos, pode dançar para o outro, ou até propor um desafio entre o noivo e os padrinhos e a noiva e as madrinhas. Além disso é possível e comum fazer um pot-pourri e colocar várias músicas, misturando algumas mais descontraídas com outras mais românticas, de acordo com a criatividade do casal e do coreógrafo. Na minha opinião o que fica mais bonito é quando o casal tem AQUELA música, que sempre que toca faz um pensar no outro e que faz o coração bater mais forte. A coreografia fica transbordando de amor e todos que estão te assistindo ficam derretidos com aquele momento.

Não se esqueça de pensar no tempo de dança, o ideal é que seja em torno de 2’30’’ até 3’30’’, para que não fique cansativo. Isso faz com que seja necessário editar a música para o tempo ficar adequado, então certifique-se que seu professor saiba como editar músicas, afinal uma edição ruim pode ser o fim da dança.

E o preço? A gente já gasta tanto com o casamento que até aterroriza pensar em mais um gasto, mas tem um lado muito bom nisso, já que as aulas para coreografia de casamento não são tão caras (em algumas escolas, saiba procurar!), algumas escolas, inclusive, não cobram a montagem coreográfica, apenas a aula particular para o casal aprender a coreografia. Além disso, a escolha da professor é fundamental, procure referências, converse com o professor antes, assista alguns vídeos, e escolha alguém que te deixe à vontade e passe segurança.  Infelizmente existe muita gente ruim no mercado, e uma má escolha pode estragar a grande noite e acabar sendo uma decepção.

Segundo a Mel, além das músicas do casal, as mais pedidas têm sido Valsa da Primavera, Valsa do Imperador, Time of my life (do Dirty Dancing), Thinking out Loud (do Ed Sheeran) e Ainda bem (da Marisa Monte).

Para contato, usem o telefone (31) 98765-2769, o site do Ponto da Dança e o Instagram. Se tiverem alguma dúvida, podem deixar nos comentários que ela responde!

1 comment / Add your comment below

  1. Momentos especiais… agora inesquecíveis..!
    Não deixe que a dança dos noivos passe em branco no seu casamento. Dance com o coração e guarde esse momento para sempre!

Comente ♥