Dia da noiva com as amigas?

Eu acho que essa é uma questão muito pessoal, que varia de acordo com a personalidade da noiva, mas como já recebi algumas perguntas e já vi muita gente quebrando a cabeça sobre esse assunto, resolvi falar um pouquinho sobre as vantagens e desvantagens de fazer o dia da noiva com as amigas.

No meu casamento, convidei minha mãe, minhas irmãs e algumas amigas para passar o dia no salão comigo e participar das fotos do making of. Confesso que não tive muitas dúvidas e quis fazer assim desde o início, porque fico muito mais ansiosa se ficar sozinha e, além disso, sabia que não conseguiria dar tanta atenção na hora do casamento e assim achei que poderia curtir um pouquinho mais com elas. Eu amei ter passado esse dia assim, rodeada de pessoas que eu gosto, não me arrependo nem um pouquinho dessa escolha, mas achei legal começar esse post contando a minha experiência. Na época li algumas dicas sobre isso, e gostei muito de ter organizado um lanche para elas (minha mãe encomendou mini tortas de frango, e o salão ofereceu as bebidas), de ter dado uma lembrancinha legal (fiz umas necessaires com coisas úteis principalmente para quem iria direto para o casamento – escova de dentes, pasta de dente, gominha, lixa e um creme de mão) e de ter feito os robes personalizados para mim, minha mãe e minhas irmãs. A única coisa que eu faria diferente, era chamar menos gente, não porque as pessoas não eram especiais (porque eram!), mas como foram muitas, não consegui dar atenção para todo mundo, teve algumas que eu só vi rapidinho e a maioria delas nem saiu nas fotos do making of.

Acredito que a principal questão aí, é saber como é a sua personalidade e quem são as pessoas que você pensa em convidar. Pense assim: nada que for te deixar mais nervosa, mais preocupada ou te dar trabalho nesse momento vale a pena. É um dia delicado até para as noivas menos ansiosas, a gente fica a flor da pele, com o coração a mil e a melhor opção é sempre aquela que foi te deixar mais confortável e que for deixar o dia mais gostoso. No meu caso, como eu contei, com certeza era com companhia, mas se você for uma pessoa mais calada, ou que se estressa com gente falando em volta, o melhor é ter um dia relaxante sozinha, ou só com a sua mãe, irmã ou uma amiga específica. Garanto que vai ser mais legal e que as fotos também ficam lindas!

Se você prefere passar esse dia rodeada das amigas e da família, aí vão as principais dúvidas e dicas:

Como escolher o local? Eu sugiro que você escolha um salão que comporte todo mundo, que vocês possam ficar juntas em algum lugar só de vocês, tirar fotos bonitas e ter um dia agradável. Também é uma opção legal fazer o making of em casa ou no local do casamento. Eu, particularmente, acho que salões muito grandes e com muita gente fazendo “outras coisas”, que não o dia da noiva, são melhores para quem vai se arrumar sozinha ou com poucas pessoas.

Outra coisa muito importante na hora de escolher o lugar, é pesquisar e se informar sobre a estrutura do salão e como eles lidam com a questão do horário, principalmente em relação ao profissional que vai arrumar a noiva. É preciso alinhar se será a mesma pessoa que vai arrumar as convidadas e que horas todas devem estar prontas para não ter imprevistos, não atrasar o início do casamento e não comprometer as fotos e filmagem de momentos lindos da noiva ficando pronta. Se ficar tudo corrido na hora de sair, não da tempo de tirar foto direito e você ainda vai sair de lá mais nervosa. Parece bobeira, mas acontece com mais frequência que vocês imaginam.

Quem convidar? Quem você quiser ter ali, naquele momento especial! Vale chamar as madrinhas, a mãe, as irmãs, a sogra, as avós e até as daminhas.

Quem paga? Essa questão é sempre polêmica, né? Como já disse na questão do vestido das daminhas, acredito que tudo se resolve com uma boa conversa e vale a pena deixar tudo bem claro e definido antes da pessoa resolver se vai ou não. Na minha opinião, se for um convite, não tem problema nenhum cada um pagar o seu e vale a pena até conseguir um preço legal no salão, já que vai levar tanta gente, mas se for uma “imposição” da noiva, já acho mais complicado. Não é todo mundo que tem condições e está disposto a arcar com isso né?

Coisas para lembrar: acho super válido avisar ao fotógrafo que o making of será com mais gente e mostrar algumas fotos que você quer muito ter, para ele se organizar e conseguir tirar todas as fotos direitinho. Outra coisa boa é ver se o salão fornece algum lanche ou bebida e, se não for o caso, providenciar e levar alguma algo para servir. Além disso, é bom pensar antes se vai querer levar algum acessório diferente (dica para as madrinhas: é uma supresa legal!), como taças, robes, balões, etc.

E aí? Vocês preferem fazer o making of sozinhas ou cheias de companhia? Me contem!

Comente ♥