Destination Wedding em Ouro Preto – Polly e Diego

As cidades do interior de Minas Gerais tem um romantismo inexplicável no ar, além de todo o contexto histórico que representam. No caso da Polly e do Diego, que escolheram fazer um Destination Wedding em Ouro Preto, a cidade ainda contava um pouquinho da história deles. O casamento foi do jeito que eu gosto: a cara do casal. Os noivos fizeram questão de colocar um pouquinho deles em cada escolha e o resultado não poderia ter sido mais lindo.

Decidimos nos casar em Ouro Preto pelo seu tom interiorano, por suas charmosas ladeiras, mas também, por termos vivido ali os desafios primeiros da vida conjugal. E queríamos convidar aqueles que amamos, a fazerem uma breve viagem ao nosso mundo a dois.
A cerimônia religiosa se deu na igreja que frequentávamos quando morávamos na cidade. A Igreja do Pilar, um lugar imponente por natureza, daqueles com que não nos cabe disputar atenção e, sim, presentear os convidados com uma decoração simples que deixasse sua magnitude ser contemplada sem concorrência. Mas isso não significa negligenciar os detalhes da cerimônia. Optamos por uma lúdica alusão a outros tempos e os padrinhos entraram na igreja munidos de um chapéu panamá e as madrinhas de uma sombrinha de época. Ao final da cerimônia, os padrinhos levaram ao altar flores artesanais, ao som de “With a little help from my friends” e fizeram uma homenagem surpresa ao noivo enquanto ajudavam a formar um novo buquê de flores.
A recepção aconteceu no restaurante que mais frequentávamos na cidade, “O Passo Pizza e Jazz”, além da garantia dos impecáveis serviço e buffet, a construção que o abriga é um charmoso sobrado do século XVIII adornado por móveis antigos preservando a atmosfera local e se abrindo num belo e convidativo jardim.
Confiamos à musica, à prosa e ao verso a missão de desvelar nossa alma aos convidados. Exibimos no formato de um varal as cartas e mensagens, poemas e canções que trocamos ao longo da nossa história juntos. E dividimos com os presentes uma seleção de canções que embalaram nossos 6 anos de namoro. A banda Trio Cappuccino, formada por três colegas médicos surpreendeu a todos com um repertório que ia da Bossa aos Beatles (escolhas nada tradicionais, mas que nem por isso deixaram de animar a pista).
Nós não tivemos o casamento mais suntuoso, tão pouco a decoração mais incrível, mas tivemos um casamento aos nossos moldes! Abrimos mão, sem pestanejar, das convenções que não nos traziam significado e optamos por dividir o lirismo que descobrimos a dois e que ajudou a forjar nossa identidade de casal.
Os vídeos que a “Tuca Filmes” nos entregou captaram com exatidão nossa essência e o tom interiorano e provinciano de Ouro Preto. Algo que só quem sabe ler a alma de um mineiro é capaz de fazer. Quanto lirismo! E ao contrário do que sempre nos disseram, já perdemos a conta do número de vezes que assistimos ao vídeo. Valeu muito a pena contratar esse serviço.

Trailer: Polly e Diego | Ouro Preto-MG from Tuca Wedding Films on Vimeo.

Cerimônia: Igreja do Pilar | Recepção e Buffet: O Passo Pizza e Jazz | Filmagem: Tuca Filmes | Cerimonial: Topazio Imperial | Local do Making of: Pousada do Mondego | Vestido: Nívia Malard | Decoração e buquê: Arquitetando Flores | Banda Igreja: Grupo Ammiratto | Fotografia: Vinicius Terror

E o tema não poderia ser mais adequado para essa semana. Vocês viram no Instagram e no Facebook (já segue o @casoeucase por lá, né?!) que esse fim de semana vai ter um encontro das blogueiras de casamento de BH, cheio de conteúdo legal, no Hotel Ville Real, em Santo Antônio do Leite (bem pertinho de Ouro Preto)? Vale a pena acompanhar os stories e mais: no domingo às 11h, estão todas convidadas para um desfile da Ana França lá no hotel! Quem anima?

2 comments / Add your comment below

Comente ♥